Direkt zum Inhalt | Direkt zur Navigation

Página Inicial

Startseite Arquivo de notícias Organização Internacional do Trabalho lança estudo sobre trabalho decente no Brasil
Artikelaktionen

Organização Internacional do Trabalho lança estudo sobre trabalho decente no Brasil

A pesquisa foi feita em parceria com a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

 

A Organização Internacional do Trabalho (OIT), em parceria com a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) acaba de lançar uma análise do mercado de trabalho brasileiro. O foco é a evolução da presença da mulher nos postos de trabalho na última década.

O relatório apresenta uma análise tanto da estrutura institucional básica do mercado de trabalho brasileiro quanto das mais importantes iniciativas públicas e privadas em áreas como criação de postos de trabalho, capacitação da mão-de-obra e melhora nos sistemas de informação. Para tanto, foi possível contar com o apoio de diversos consultores.

Um dos resultados mostra que o mercado de trabalho do Brasil — como o da América Latina, de um modo geral — mostrou nas últimas décadas intensa variação na taxa de participação (proporção das pessoas de 15 a 64 anos que trabalha ou procura emprego), no ritmo de criação de postos de trabalho, no perfil dos trabalhadores (em termos de gênero, idade, escolaridade e qualificação) e em diversos aspectos relacionados a qualidade dos empregos e condições de contratação.

Confira aqui o estudo completo.