Direkt zum Inhalt | Direkt zur Navigation

Página Inicial

Startseite Arquivo de notícias Minas terá mais sete centros de apoio à mulher
Artikelaktionen

Minas terá mais sete centros de apoio à mulher

Sete novos centros integrados de Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (CIM) serão abertos em Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Pouso Alegre, Uberaba e Uberlândia até o fim do ano.

Ontem foi inaugurado o Centro Integrado de Atendimento à Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (CIM) em Belo Horizonte. Outros sete centros serão inaugurados até o final do ano em Minas Gerais. As cidades contempladas serão Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Pouso Alegre, Uberaba e Uberlândia.

Nesses centros, as mulheres vítimas de violência doméstica tem acesso a atendimento especializado, suporte policial e judicial completo. O centro de Belo Horizonte abriga duas varas judiciais criadas para julgar exclusivamente casos relacionados à Lei Maria da Penha. 

No centro foi instalada uma Delegacia de Atendimento a Mulher e postos do Ministério Público, da Defensoria Pública, da Polícia Militar e do Instituto Médico-Legal (IML), além de um núcleo de atendimento psicossocial.

A iniciativa de abrir oito centros em Minas Gerais obedece o Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra a Mulher, do governo federal, que estabelece o estado como uma das 12 regiões consideradas prioritárias. O centro de Belo Horizonte começa a funcionar na segunda-feira (14/06) na Avenida Olegário Maciel, 600, no Centro. O atendimento acontece 24 horas por dia.